Warped Tour chega ao fim: relembre a participação do Paramore na história do festival

O festival Warped Tour, que acompanhou o Paramore desde os primeiros anos da banda, chegará ao fim em 2019. O anúncio foi feito hoje pelo diretor do evento, Kevin Lyman, em face das recentes acusações contra muitas das bandas que faziam parte da história da Warped.

As denúncias contra membros de bandas que tocaram na Warped Tour não são de hoje, e em 2009 o festival esteve envolvido em controvérsias causadas pela banda Blood on the Dance Floor, denunciada no Twitter por Jeffree Star, que disse ter visto um dos membros da banda levar uma menor de idade para seu ônibus.

Em 2015, noticiamos a denúncia da banda Front Porch Step e do cantor Austin Jones por assédio sexual. Ambos faziam parte do lineup, que, na época, não foi nem mesmo modificado. Nada aconteceu com McElfresh, do Front Porch Step, e as denúncias contra Austin Jones foram negligenciadas até junho deste ano, quando o cantor foi preso por posse de pornografia infantil.

Nesta semana, outros dois casos foram expostos: o primeiro contra Jesse Lacey, da banda Brand New, denunciado por assédio sexual, o segundo contra Luke Rockets, da banda With Confidente, denunciado por conduta inapropriada com menores de idade.

Outras acusações – contra membros expulsos de bandas como Neck Deep, New Found Glory, Falling In Reverse e mais – foram compiladas pela conta @emocomrade no Twitter, e pode ser conferida, com fontes, nesta thread.

Em 2015, Hayley Williams havia se pronunciado contra a forma como os casos de Jake McElfresh e Austin Jones foram tratados:

Eu ainda acredito em você, cenário musical. Exija coisas melhores, porque você merece mais. Sem mais desculpas para garotos “sendo garotos”.

No pronunciamento oficial, Kevin Lyman não chegou a falar sobre as denúncias, escrevendo somente um texto de despedida que trazia boas lembranças do festival – que completa 25 anos em 2019 -, terminando com “até a próxima turnê, se cuidem e mantenham-se seguros.”. Em um dos trechos, ele citou brevemente a participação do Paramore no festival:

Eu acompanhei bandas que começaram suas carreiras em um palco pequeno e que trabalharam muito até chegar aos palcos principais, conhecendo o máximo de fãs que podiam enquanto honravam seu talento na turnê. Bandas como o Paramore, A Day To Remember, Sleeping With Sirens, Pierce The Veil, Echosmith, Motionless in White, Black Veil Brides, Every Time I Die, Neck Deep, Beartooth, e muitas outras.

Confira o pronunciamento completo aqui.

Pensando na importância que o festival tem para a banda – que nada tem a ver com as denúncias de assédio ou com a negligência dos diretores do festival em relação a elas – o Paramore Brasil organizou uma breve retrospectiva da participação do Paramore na Warped Tour, que pode ser conferida abaixo.

_

O primeiro palco no qual o Paramore tocou – o palco pequeno ao qual Lyman se refere – foi o Shira Girl, em 2005, durante a turnê de divulgação do All We Know Is Falling, com uma formação que contava com o baixista John Hembree, já que Jeremy Davis havia deixado a banda.

Já em 2006, a banda tocou pela primeira vez no palco principal, em uma das paradas do festival em Nashville. Nesse ano, o Paramore lançou o The Summer Tic, EP em edição limitada que foi vendido exclusivamente na turnê.

A partir daí, a banda não voltou mais para os palcos menores.

Em 2007, o Paramore participou da Warped Tour para a divulgação do álbum Riot!, e escreveu diários para o blog da MTV, que já não podem mais ser encontrados. A formação da banda, na época, contava com Hayley Williams, Jeremy Davis, Josh e Zac Farro.

Em 2008, a banda continuou com a divulgação do Riot!, e, na Warped, tocou no palco Route 66. Durante esta turnê, Taylor York acompanhou o quarteto – como amigo, não como parte da banda -, e foi aí que surgiu o clássico vídeo do atual guitarrista do Paramore e Hayley Williams colocando um piercing no septo.

Também durante a Warped Tour em 2008, o Paramore foi acompanhado pela revista Rolling Stone, que fotografou a banda. Essa foi uma das edições que mais trouxeram bandas para o festival, contando até mesmo com Katy Perry.

Em 2009, o festival completou 15 anos, e Kevin Lyman anunciou mudanças no formato da Warped Tour: ela passaria a ter somente um palco principal, e não dois, como acontecia nos anos anteriores. No palco principal, o Paramore tocou pelo 5° ano consecutivo.

Foi a primeira vez que Taylor York tocou na Warped Tour, e o show que deu a Hayley uma de suas primeiras tatuagens:

Meu <3 pela Warped Tour (menos as bandas horríveis que tocaram esse ano [aqui, Hayley se refere à banda Blood On The Dance Floor, que, como citamos, foi acusada por conduta inapropriada com menores de idade]). 2 anos atrás, em Cleveland, nós quase morremos em uma tempestade na Warped!!! e nossos fãs continuaram lá e esperaram por nós por pelo menos uma hora. Entramos no palco mesmo assim e tocamos um dos nossos shows mais divertidos da turnê inteira. Muito memorável. Dessa vez, nós voltamos para a Warped em Cleveland, e o tempo estava perfeito. Queria algo para me lembrar das melhores memórias da Warped.

Em 2010, a banda começou a ter problemas que resultaram na saída de Josh e Zac Farro. Nesse ano, o Paramore não participou da Warped Tour.

A apresentação do Paramore no festival em 2011 significou o “renascimento” da banda nos palcos. Depois de passar por um período de luto e superação pela saída dos Farro, Hayley Williams, Jeremy Davis e Taylor York se reergueram para o show que contou com a presença de Jason Pierce na bateria e Justin York e Jon Howard na guitarras de apoio.

O show de 2011 foi também o último show do Paramore no festival. A banda passou por mais momentos truculentos, com a saída de Jeremy Davis e o quase encerramento total de atividades – o que felizmente não aconteceu e resultou no retorno de Zac Farro à banda.

Enquanto esteve em atividade – visto que o Paramore passou por um pequeno hiato não oficialmente declarado, antes do lançamento do After Laughter -, a banda realizou suas próprias turnês e tocou em outros festivais.

Hayley Williams, Zac Farro e Taylor York, têm, recentemente, participado de festivais que contam com palcos maiores e uma maior diversidade de bandas no lineup, visto que a Warped Tour se destinava mais às bandas do cenário pop/pop-punk/emo/metalcore. No último dia 11, o trio se apresentou no Personal Fest, na Argentina.

_

Nenhum dos membros da banda se pronunciou ainda sobre o fim da Warped Tour. Em breve, esta publicação poderá ser atualizada.

O Paramore Brasil apoia as mulheres que trouxeram à tona os casos de assédio, e acredita que a música deve ser um lugar seguro para todos. Esperamos que a onda de denúncias que está ocorrendo no cenário musical e também em Hollywood seja levada a sério, e que cause mudanças na sociedade em que vivemos. O fim da Warped Tour representa uma dessas mudanças; ainda que, diante de tudo, seja um ato pequeno, é um ato que demonstra que comportamentos misóginos não serão mais tolerados.

Fique ligado em nossas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter YouTube | Fórum

Larissa Stocco

They may be hard times, but at least they're neon ▪ Instagram: @laristocco