Hayley Williams publica agradecimento emocionante sobre ‘After Laughter’ e novo capítulo da carreira do Paramore

A nova era do Paramore chegou para matar a saudade que sentimos da banda enquanto ela esteve ausente e trouxe de volta diversos elementos com os quais já estamos familiarizados – as resenhas feitas pela crítica musical, a loucura que é colocar nossas músicas favoritas no topo das paradas, os anúncios de turnês e etc – , mas alguma coisa ainda estava faltando: os textos de Hayley Williams!

Durante o lançamento dos outros álbuns de estúdio, nossa vocalista favorita manteve o LiveJournal do Paramore atualizado com entradas sobre o processo de criação das novas músicas – no entanto, o blog não é mais utilizado e isso ainda não havia acontecido com o After Laughter.

O silêncio foi quebrado por Hayley na noite dessa quarta-feira (07/06), com um depoimento emocionante publicado no Instagram, no qual a cantora falou sobre After Laughter, as críticas recebidas pelo álbum, seus companheiros de banda e ainda reiterou seu amor pelos fãs que continuam acompanhando a trajetória do grupo.

Confira, abaixo, a tradução na íntegra:

O After Laughter já saiu há um tempo. Por favor, vocês podem me ouvir por um segundo?

Há um ano, nós nos encontramos com a gravadora e dissemos que queríamos que o lançamento do álbum fosse diferente de qualquer coisa que já havíamos feito no passado. Menos focado em vender, vender, vender… e mais focado em amizade e arte e nosso próprio divertimento durante todo o processo. Nós precisamos continuar inspirados e cuidar de nós mesmos como unidade, como pessoas individuais e como parte de uma comunidade maior da qual temos orgulho de fazer parte.

Libertar essas canções, dessa vez, foi mais difícil para o Taylor e para mim do que quando fizemos o outro álbum. Também foi surreal porque o Zac se tornou, novamente, parte da celebração e eu ainda me belisco quando penso nisso.

Agora que o After Laughter pertence a mais pessoas além de nós, eu senti que precisava expressar o quão incrível é ter pessoas que o aceitam pelo que ele é.

(Taylor, não leia essa parte.) Eu não poderia estar mais orgulhosa do meu amigo T. Ele liderou completamente o processo criativo e nos elencou a outros níveis de criatividade e desafio artístico. Neste ponto, eu já li algumas resenhas, e ver um dos meus melhores amigos & parceiro de composição ser comparado a Lindsey Buckingham é maravilhoso. Ele merece todos os elogios e todo o reconhecimento que ele está recebendo por ser um cientista musical maluco.

Este álbum também é o primeiro para o qual o Zac contribuiu como escritor. Ele trouxe “Grudges” até o Taylor e os dois fizeram algo bonito que acabou se tornando a base para tudo que eu sentia sobre ter o Zac de volta na minha vida. Ele escreveu trechos de outras canções do álbum também (como Rose-Colored Boy, para exemplificar) e ajudou a transformar o processo de gravação em algo que não era mais sobre sofrer pelo passado, e sim sobre honrar e conseguir olhar para frente, corajosamente.

Agradeço aos jornalistas da música, que resenharam e escreveram sobre este novo capítulo da carreira da nossa banda (e de nossas vidas)… vocês têm sido incrivelmente graciosos até agora, especialmente ao compreender o assunto sobre o qual estou aprendendo a me abrir agora. E mais ainda pela ousadia de terem escrito sobre mais coisas do que a narrativa infeliz que cerca nossa banda. É incrível ver como vocês descreveram nossas músicas e som. Belas metáforas e profundas analogias. Obrigada por tratar nossas músicas como nós as tratamos – com muito cuidado e consideração. Estamos agradecidos.

O fato de que o Paramore ainda existe é algo que me deixa maravilhada todos os dias. Eu costumava tratar o “Paramore ainda é uma banda” como grande coisa, mas caramba, é muito mais do que isso. A música, o sistema de apoio que a cerca, a amizade e o companheirismo, o espaço para vomitar verdades pesadas… são coisas que, pessoalmente, me fizeram seguir em frente nos dois últimos anos, desde que começamos a escrever o novo álbum.

Para quem quer que esteja ouvindo o After Laughter, obrigada por tomar um tempo e por se importar. Espero que as canções acabem com você e depois o reconstruam de volta. Porque a música é poderosa dessa forma. Oficialmente, não é mais somente sobre nós. O álbum/as músicas/as palavras são suas também e fico feliz por dizer que tenho paz no meu coração antes de sair com a primeira turnê do AL.

Obrigada pela espera.

– Hayley

Paramore Brasil | Informação em primeira mão
Anterior

Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Fórum

Larissa Stocco

They may be hard times, but at least they're neon ▪ Instagram: @laristocco