Não quero esperar por você 

Mas é o que continuo fazendo

Como se não tivesse mais nada a fazer

Como se minha vida não continuasse sem você 

 

O céu acordará toda as manhãs 

E às vezes sente a necessidade de derramar

Todos os sentimentos que vem guardando

Mas de ambas as formas, nunca vem à tona

Sabe seu lugar e sabe um caminho em torno das nuvens

E suas concepções 

 

Para cada conto de fadas falso

E a todos os corações que ainda irão partir

Para cada pássaro que nunca voou

Bem, é maravilhoso que continuamos sem você

 

O céu ainda acorda pela manhã 

E às vezes sente a necessidade de derramar

Tudo o que ele está cansado de guardar

Mas de ambas as formas, nunca vem à tona

Vai permanecer e encontrar um caminho em torno das nuvens

 

Havia um pássaro que nunca voou

Mas ela ainda guardava todas as suas penas 

Para que pudesse arrancá-las por você

E você usasse-as em seu cabelo e 

Ela estaria com você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.