E a Monumentour continua fazendo enorme sucesso nos Estados Unidos! Em uma review detalhada, o site Charlotte Observer conta como foi o show ocorrido ontem em Charlotte, NC e compara os primeiros shows de ambas as bandas até os atuais. Confira a tradução da review elaborada por Samantha Sabin:

Paramore e Fall Out Boy trazem o rock old-school

Agora a vocalista do Paramore, Hayley Williams, tem cabelo azul, e o Fall Out Boy está em uma missão para “salvar o rock n’ roll”. Claramente, nós não estamos mais no ensino médio. (Ao menos é isso que digo a mim mesma).

Mas ainda era o mesmo Paramore e Fall Out Boy que roubou os corações de garotas adolescentes, no início dos anos 2000, e que caiu na adoração da plateia na quarta-feira, no PNC Music Pavilion.

Como um evento inspirado nos fãs, a turnê conjunta Monumentour foi feita especialmente para a plateia. O baixista do Fall Out Boy, Pete Wentz, e o guitarrista Joe Trohman, experimentaram enormes quantidades de confete durante a performance do Paramore com o “convidado especial” Brian; tudo era dirigido aos fãs, de um jeito ou de outro. (Brian venceu um concurso da MTV que o permitiu cantar uma parte da música “Misery Business” com Williams no palco. E sim, todo mundo queria ser ele).

Williams é uma mulher única. Enquanto os outros membros detonavam com seus instrumentos, Williams corria, pulava, chutava e se ajoelhava durante sua apresentação. O set da banda fez Williams ser o centro das atenções, que poderia ser potencialmente deixado de lado por uma audiência que foi para ver o Paramore e não uma apresentação solo de Hayley Williams. A banda deixou a multidão em um transe cheio de adrenalina.

Seus batimentos cardíacos selvagens, acompanhados com o suor escorrendo pelo seu rosto e sutiã neon verde, agitou a audiência – alguns sentados em seus lugares, pulando e fazendo headbanging. Ela era apenas um dos fãs.

Paramore trouxe o punk, mas Fall Out Boy trouxe o rock n’ roll

Ao invés de usar apenas um painel de de luzes durante sua apresentação, como o Paramore, o Fall Out Boy utilizou luzes estroboscópicas e telões diferentes para transmitir vídeos de olhos piscando, tiroteios, queima de fogos e outras imagens durante sua performance.

Os caras abriram o show com uma explosão de fogos de artifício – literalmente. Atrás deles havia um telão no qual poderia ser lido “Save Rock n’ Roll”, nome do último álbum, e um decreto criado por um grupo de meninos que formaram sua banda em 2001. Mas eles certamente tentaram.

Quase todo movimento que eles faziam contribuíram de alguma forma para sua missão: o jeito que o vocalista Patrick Stump e Wentz faziam no mesmo microfone. A maneira que o baterista, Andy Hurley, tocaria na bateria metodicamente músicas como “Phoenix” e “A Little Less 16 Candles, A Little More Touch Me”. E do mesmo jeito que as luzes estroboscópicas acertavam a multidão toda vez que o baixo era tocado.

Algumas coisas poderiam ser diferentes: Hayley Williams pode ser conhecida apenas como “a garota de voz linda e cabelo laranja”, mas ela ainda é inspiração por muitas outras jovens garotas. Fall Out Boy deveria ter títulos de músicas menores, mas eles ainda incorporam o rock n’ roll. A noite da última quarta-feira foi a prova disso.

Paramore Brasil, o site oficial da cobertura de shows do Paramore no Brasil em 2014!
Facebook | Instagram | Twitter | Tumblr | Youtube

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.