A revista eletrônica The Ringer – que traz notícias do mundo do esporte e entretenimentos – escolheu, no ano passado, os vencedores da premiação ‘Midyear Music Awards‘, e o After Laughter está entre eles!

Escolhido pelo redator Sam Schube (The Ringer, GQ), o álbum ganhou na categoria ‘Best Second Act‘.

Confira a justificativa:

Aqui está uma tabela do Google Trends, mapeando a queda e ascensão da frase “emo revival” nos últimos cinco anos:

Começando em 2014, a ideia ganhou popularidade, e continuou ganhando espaço pelos próximos meses. Críticos dirão que o emo voltou – e eles estão certos, porque ele sempre volta.

O Paramore foi o escolhido para guiar essa onda.

No entanto, a banda se inspirou em outra coisa: os anos 1980. Isso foi uma decisão extremamente boa.

After Laughter, o quinto álbum da banda, tem guitarras pintadas de neon, inspiração em Talking Heads e Graceland – além de músicas do Blondie com sons de uma Memphis. Talvez isso pareça cínico, mas as músicas emo da banda pegaram porque foram profundamente melódicas e pop do seu próprio jeito. E quando Hayley Williams – deusa do rock, proprietária de uma linha de tintas para cabelo chamada goodDYEyoung, dona de uma voz que talvez seja a mais impressionante de sua geração – é a vocalista, você pode fazer qualquer coisa.

*Informações falsas e desatualizadas do texto original foram removidas durante a tradução. Veja a publicação original aqui.

O Paramore concorre agora ao Teen Choice Awards, nas categorias ‘Choice Rock Artist‘ e ‘Choice Rock Song‘. As votações estão abertas para a segunda indicação, no Twitter. Vote utilizando as hashtags #TeenChoice #ChoiceRockSong #HardTimes @paramore.

Agradecemos ao fã @paramorzao, do Twitter, pela informação sobre o Midyear Music Awards.

Paramore Brasil | Informação em primeira mão

Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.