Hayley Williams apoia posicionamento político de Taylor Swift e fala sobre o valor de vozes femininas nas eleições

No último dia 7, domingo, ao mesmo tempo em que o Brasil votava para eleger o próximo presidente, governadores, senadores e deputados, a cantora Taylor Swift se posicionou a respeito da política dos Estados Unidos em público pela primeira vez, falando sobre a importância de eleger candidatos que respeitem os direitos LGBT, femininos e raciais, e que não façam qualquer tipo de discriminação.

Agora, Hayley Williams saiu em defesa de Taylor Swift e apoiou seu posicionamento político, falando no Twitter sobre a importância da voz feminina na política e sobre como o Paramore trabalha para criar uma comunidade com valores baseados em suas músicas.

Leia o texto de Taylor Swift, traduzido pela equipe do Taylor Swift Brasil, e, logo abaixo, a declaração de Hayley Williams, traduzida por nós.

Estou escrevendo este post sobre a próxima eleição regional, no dia 6 de novembro, em que eu votarei pelo estado do Tennessee. No passado, eu relutei em expressar publicamente minhas opiniões políticas, mas, devido a diversos acontecimentos da minha vida e do mundo nos últimos dois anos, agora penso de forma muito diferente sobre isso. Eu sempre votei e sempre irei votar no candidato que protege e luta pelos direitos humanos que eu acredito que todos merecemos neste país. Acredito na luta pelos direitos LGBTQ, e acredito que qualquer forma de discriminação baseada em orientação sexual ou gênero é ERRADA. Acredito que o racismo estrutural que ainda vemos neste país contra pessoas não-brancas é aterrorizante, repulsivo e prevalente.

Não posso votar em alguém que não esteja disposto a lutar pela dignidade de TODOS os americanos, independentemente de sua cor, seu gênero ou quem eles amam. Está concorrendo ao senado pelo estado do Tennessee uma mulher chamada Marsha Blackburn. Por mais que eu tenha votado e queira continuar votando em mulheres, não posso apoiar Marsha Blackburn. Seu histórico de votações no congresso me deixa indignada e assustada. Ela votou contra a igualdade de salários para mulheres. Ela votou contra a reautorização do ato contra a violência à mulher, que tem como objetivo proteger as mulheres de violência doméstica, perseguição e estupro. Ela acredita que estabelecimentos têm o direito de se recusar a atender casais homossexuais. E também acredita que eles não devem ter direito a se casar. Estes não são os valores do MEU Tennessee. Eu vou votar em Phil Bredesen e Jim Cooper. Por favor, estude os candidatos do seu estado e vote com base em quem representar melhor os seus valores. Muitos de nós podemos nunca encontrar um candidato com o qual concordamos 100% em todas as questões, mas temos que votar mesmo assim. Tantas pessoas inteligentes, atenciosas e donas de si completaram 18 anos nos últimos 2 anos e agora têm o direito e privilégio de fazer seus votos contarem. Mas antes vocês precisam se registrar, e é fácil e rápido fazer isso. 9 de outubro é o ÚLTIMO DIA para se registrar para votar pelo estado do Tennessee. Acesse vote.org para ver todas as informações. Feliz votação! 😃🌈

Governador Mike Huckabee: Então, Taylor Swift tem todo o direito de se posicionar politicamente, mas isso não vai impactar o resultado das eleições a não ser que garotas de 13 anos recebam o direito de votar. Ainda estou com #MarshaBlackburn.

Hayley Williams: E aqui temos um homem no poder zombando do valor e influência de uma mulher por causa do que assumo que seja medo. Não medo das eleições, mas medo de uma mulher poderosa cujo poder ele entende que não vai mais beneficiá-lo.

E quem em sã consciência subestima uma garota de 13 anos, de qualquer forma?!! Que publicamente zomba do posicionamento político de uma mulher julgando uma geração inteira como impotente? Você não sabe o impacto que você tem com suas palavras… os fogos que irá começar. Use-as sabiamente.

Jordan (fã): Eu amo como todas as pessoas pensam que a fanbase dela tem apenas 13 anos de idade. Ela está no mundo da música há 12 anos agora, então boa parte de seus fãs estão em seus 20 e 30 anos agora. Eu tenho 24.

Hayley: Ouçam isso, seus biscoitos velhos. Artistas como Taylor Swift e, diabos, até mesmo minha banda… todos nós trabalhamos muito para construir uma comunidade baseada em nossas músicas e vozes, desde que tínhamos 16 anos. Muitas pessoas que nos apoiam CRESCERAM com a gente.

Por exemplo, agora tenho 30 anos. Assim como muitos fãs do Paramore.

Mack Williams (fã): Se você vota em candidatos porque sua celebridade favorita os apoia, talvez você deva ficar em casa. Celebridades não sabem mais sobre política do que pessoas normais. Desça do seu cavalo. Isso não tem nada a ver com medo do poder feminino, então pare de bancar a vítima.

Hayley Williams: Entendo seu ponto… mas isso não é sobre influenciar cegamente pessoas jovens a fazer exatamente o que nós (artistas) fazemos. É sobre usar nosso espaço para empoderá-los e fazer com que eles votem em vez de zombar de pessoas por serem jovens. Novamente, essas pessoas TÊM suas próprias convicções e não deveriam ser subestimadas.

E também, fui derrubada por um cavalo aos 6 anos de idade. Incrivelmente aterrorizada por eles. Não sonharia em subir em um, ainda mais um tão alto! Tenha uma boa segunda-feira apesar do Twitter – que geralmente é o pior.

Anteriormente, Hayley Williams se posicionou também contra Donald Trump, o porte de armas, demonstrou apoio à comunidade LGBT e se declarou feminista. Nesta semana, a cantora lamentou a aprovação de Brett Kavanaugh na Suprema Corte dos EUA.

Apesar do país viver em uma realidade diferente da que vivemos no Brasil, todas as palavras de Taylor Swift e Hayley Williams são também válida para o momento que estamos enfrentando. No segundo turno das eleições 2018, pesquise e vote consciente.

Paramore Brasil | Informação em primeira mão

Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Fórum

Larissa Stocco

They may be hard times, but at least they're neon ▪ Instagram: @laristocco