Não há nada como um bom luto

Não como há três semanas

Pele e osso quando você não está comigo 

Sou toda esqueleto e melodia

 

Não há nada como um bom luto

Durmo com você em um sonho erótico 

E tenho certeza que você não perde o jeito

Eu ponho todos os meus demônios para fora pela sua linda música 

 

Mais uma vez, toque algo para mim, não vou cantar

Ficarei quieta, toque algo para mim

Mais uma vez, estou ouvindo

 

Não há nada como um bom luto

Levei dois meses para empacotar suas coisas

Mas deixei na casa de seus pais

Não sei se me sinto triste ou orgulhosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *