Banda Sodalita promete agitar o Rio de Janeiro com noite de covers do Paramore, no Calabouço Heavy & Rock Bar!

Se você é do Rio de Janeiro e estava procurando um programa para a sua noite de domingo, a banda Sodalita pode ter a solução!

O cover do Paramore, formado por quatro pessoas – a guitarrista Maria, a vocalista Ju, o baterista Digo e o guitarrista Marcio -, se apresenta hoje (24/07), às 19h, no Calabouço Heavy & Rock Bar, na rua Felipe Camarão, 130, Tijuca, e o Paramore Brasil teve o prazer de entrevistá-los para descobrir o que o show promete dar ao público! Confira:

FB_IMG_1469320374394

Paramore Brasil: A formação atual da banda conta com quatro integrantes, e vocês tiveram que passar por mudanças até encontrarem os membros ideais para o grupo. Como foi para vocês?

Maria: Nós já passamos por várias formações, e assim como o Paramore, atualmente tivemos que lidar com a saída na nossa baixista. Tivemos que correr atrás de baixistas pra dar um suporte pra gente já que tínhamos o show de hoje (24/07) e outro no dia 30/07 em Petrópolis já marcados. E se tem uma coisa que evitamos ao máximo, essa coisa é desmarcar shows.

Paramore Brasil: Quem surgiu com a ideia de montar uma banda? Todos vocês se conheciam antes da primeira reunião?

Marcio: Eu comecei com a ideia em 2011, com outros amigos que eu havia conhecido na fila do show do Paramore de 2011 aqui no Rio de Janeiro. Tocávamos cover de outros artistas, como Avril Lavigne. Nessa época eu não conhecia nenhum dos membros atuais da Sodalita e foi assim até 2014, quando a formação atual se tornou oficial.

Paramore Brasil: Como vi no Facebook, este não é o primeiro show de vocês. Vocês ficaram nervosos quando se apresentaram pela primeira vez, ou foi tranquilo? E agora que vocês estão um pouco mais acostumados, o nervosismo aparece antes dos shows?

Marcio: Eu fiquei muito nervoso! Minhas mãos tremiam e suavam muito e isso me atrapalhava bastante como guitarrista. Foi questão de tempo até que eu me acostumasse a subir nos palcos e fizesse os shows mais tranquilo. Hoje em dia já me solto bastante com direito a muitos headbangs!

Ju: Eu sempre fico muito nervosa antes de subir no palco! Mesmo depois de um ano eu ainda acho que vou ter um infarto subindo no palco. Mas na segunda música já me solto.

Paramore Brasil: Quando foi que cada um de vocês descobriu que queria ser músico? Alguém toca mais de um instrumento?

Maria: Desde criança eu já sabia que queria muito isso pra minha vida, embora não tivesse apoio da família, segui com essa ideia. Eu tento arranhar na bateria, sou baixista de outra banda (Mayana) juntamente com o Digo que é um excelente guitarrista também e me ajuda pra caramba com o baixo. O Marcio também toca bateria e a Ju diz que não sabe, mas sabe, tocar violão.

Marcio: Sempre me interessei por música desde criança, mas meu primeiro contato com um instrumento musical, no caso violão, foi com 14 anos quando eu morava com um tio meu que até havia me passado algumas rápidas aulas mas que foram suficiente pra me tornar o músico que eu sou hoje. Tento brincar um pouco na bateria também, que aliás, é um instrumento que eu sou apaixonado!

Ju: Eu sempre sonhei em cantar. Atualmente, estar no palco me faz muito feliz!

Paramore Brasil: Todo grupo de amigos ou banda conta com aquela pessoa que está quase sempre (ou sempre!) atrasada. No Paramore, é a Hayley Williams. Isso acontece com vocês, ou todos são sempre pontuais? Quem demora mais para se arrumar para uma apresentação?

Maria: Hahahahaha o senhor Marcio quase sempre ganha o troféu nesse quesito em relação aos ensaios, mas também devemos considerar que ele é o que mora mais longe. Para as apresentações são todos sempre muito pontuais, até porque gostamos muito de nos encontrar mais cedo e tomar uma cerveja juntos.

Marcio: Sem dúvidas, eu sou o campeão nisso! hahaha Mas eu moro um tantinho longe, então é um tanto quanto aceitável… Mas juro que to melhorando bastante!

Paramore Brasil: Recentemente, Hayley deu uma entrevista para a Rock Sound, na qual falou sobre as dificuldades que enfrentou por ser uma mulher no mundo do rock. Esta pergunta é para a Ju e para a Maria. Vocês também já passaram por alguma experiência sexista, na qual tiveram que lidar com algum comentário ruim por serem mulheres em uma banda de rock, ou coisa parecida?

Maria: Até o momento o público tem sido muito receptivo com nós mulheres, até elogiam muito. Já tocamos em eventos que o foco era para mulheres que estão em banda e foi irado.

Ju: Não sinto dificuldade no mundo da música por ser mulher. As pessoas sempre acham muito legal. Acho que por mais que o mundo ainda seja muito machista, isso ta mudando aos poucos e a galera parece gostar de ver meninas mandando ver no palco. E nunca deixamos de conseguir shows por isso.

Paramore Brasil: Vocês se lembram da primeira vez que ouviram uma música do Paramore? Faz muito tempo?

Maria: Faz muito tempo que ouvi a primeira música do Paramore, foi That’s What You Get logo assim que lançaram o Riot! Eu fiquei maravilhada com aquilo e desde então não parei de ouvir e amar a banda.

Marcio: Por coincidência, minha primeira música do Paramore também foi That’s What You Get. Tava na sala de casa com um amigo vendo clipes que estavam passando na tv e desde então fiquei maravilhado com a banda e vai assim até hoje.

Ju: A primeira música que escutei foi Pressure, enquanto eu jogava The Sims.

Paramore Brasil: Como vocês se sentiram diante da notícia de que Jeremy Davis estava deixando a banda?

Ju: Eu fiquei devastada com a saída do Jeremy. Ele fazia parte da alma do Paramore… E eu ainda tinha a palheta dele, o que me deixou pior ainda.

Marcio: Foi um baque e tanto pra mim! Foi como perder a amizade com um grande amigo seu, sabe?

Paramore Brasil: De qual música do Paramore cada um de vocês gosta mais?

Maria: Eu não sei se consigo dizer qual é a minha preferida, mas toda vez que ouço Here We Go Again bate algo diferente no meu coração.

Marcio: Nossa! Essa pergunta é extremamente difícil de responder! Mas When it Rains tem algo em especial pra mim.

Ju: Minha música preferia é In The Mourning pois ela fala de muita coisa que eu sinto, por isso acabo me identificando especialmente com essa.

Paramore Brasil: Vocês podem dar uma prévia da setlist que vocês prepararam para amanhã?

Maria: Podemos adiantar que seremos muito fiéis ao Riot! E tocaremos hits como Pressure, Brick By Boring Brick, Decode, Monster…

Marcio: Será uma setlist com muita energia e emoção! Estou bastante ansioso para tocar The Only Exception e sentir o púlico cantando com a gente.

Paramore Brasil: De qual música o público parece gostar mais?

Marcio: Sinto uma energia incrível vinda do público quando tocamos Let The Flames Begin.

Ju: O público pra mim sempre surta com Brick by Boring Brick e Misery Business. Principalmente se eu fizer as dancinhas típicas em Misery Business :p

received_10207044870540418 received_10207044870740423 received_10207044870700422 received_10207044870860426 received_10207044870820425 received_10207044870500417received_10207045206428815 received_10207045206108807 received_10207045206188809 received_10207045205908802

Clique nas imagens para ampliá-las

Confira aqui o vídeo completo

Siga a banda Sodalita nas redes sociais: Facebook | Instagram | YouTube

Marcio: Twitter | Instagram

Maria: Instagram

Digo: Instagram

Ju: Instagram

FB_IMG_1469338460616

Se você pretende comparecer ao show – e, na nossa opinião, você deveria -, não esqueça de confirmar presença no evento!

Para participar da Área do Fã, envie seu trabalho para contato@paramore.com.br, ou por mensagem no Facebook. 

Não perca nenhuma informação sobre o Paramore!

Facebook | Instagram | Twitter | Tumblr | Youtube | Fórum

Larissa Stocco

They may be hard times, but at least they're neon ▪ Instagram: @laristocco