Após 5 anos, Jeremy Davis abre o jogo sobre motivos que o levaram a sair do Paramore

O Paramore – que agora já é conhecido por suas rupturas com membros da banda – passou, em 2015, por um dos momentos mais difíceis de sua carreira, que quase levou também ao fim dela.

No auge do sucesso do álbum autointitulado, depois de uma grande turnê com o Fall Out Boy e da conquista do Grammy (mais importante prêmio do mundo da música) por ‘Ain’t It Fun‘, Jeremy Davis – baixista e membro fundador da banda – anunciou sua saída de forma repetina.

O breve anúncio na página da banda – sem explicações – não poderia prever o que aconteceria a seguir; Jeremy entrou em um processo judicial contra o Paramore, o que fez com que Hayley Williams saísse não-oficialmente da banda e que o Paramore entrasse em um longo hiatus, quebrado com o lançamento do After Laughter.

Ontem, pela primeira vez publicamente, Jeremy falou, em uma live no Instagram, sobre os motivos que o levaram a sair do Paramore.

Confira abaixo:

VID-20190314-WA0036

Quinze anos em turnê longe da minha família. Eu perdi coisas importantes. Perdi o funeral do meu avô, a morte do meu cachorro. Perdi coisas que nunca vão voltar. Foi maravilhoso estar com todos vocês. E todas. Com todo mundo, obviamente. Mas eu perdi muitas coisas e fiquei muito grato por voltar a ser uma pessoa normal por um segundo e poder estar presente e dar meu tempo para pessoas que eu realmente me importo, entende?

ATUALIZAÇÃO – 15.03.19 // 07:24

Versão do vídeo no YouTube, caso não esteja conseguindo visualizar com som:

Paramore Brasil | Informação em primeira mão

Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Fórum

Larissa Stocco

They may be hard times, but at least they're neon ▪ Instagram: @laristocco